Áreas de Atuação

Concreto

Uma das maiores empresas de concreto do Brasil, a Polimix Concreto possui 185 unidades, presença em 7 países (Brasil, Argentina, Bolívia, Peru, Colômbia, Panamá e Estados Unidos) e capacidade anual para produzir 12 milhões de metros cúbicos de concreto.
Com o apoio de seu avançado laboratório tecnológico, oferece um serviço de qualidade para todos os tipos de concreto, e para obras grandes ou pequenas. Sua estrutura conta com unidades fixas e móveis, com todo o equipamento, material e operação a serviço do cliente.

Agregados

A Polimix Agregados fornece diferentes tipos de brita e areia industrial para diversas aplicações na construção civil. Com cerca de 600 integrantes, sua capacidade instalada é de 15.380.000 t/ano.
Em São Paulo atua também na área de asfalto e reciclagem de construção, que recebe resíduos de concreto e, pelo processo de britagem e peneiramento, transforma-os novamente em matéria-prima para a construção civil. Sua capacidade de produção de material reciclado é de 240.000 t/ano.

Cimento

Com cerca de 730 integrantes em fábricas próprias e Centros de Distribuição, a Mizu Cimentos Especias tem capacidade anual para fornecer 7.020.000 toneladas de cimento.

Transporte a Granel

A LOGmix é uma empresa de transporte a granel que atende a todas as regiões do Brasil. Possui 440 carretas que transportam mais de 2.500.000 t/ano.

Argamassa

A Organização Polimix e seus parceiros estratégicos, através da Ecomix e Construcola, possuem uma linha completa de argamassas: tradicional, colante, chapisco, projetável, assentamento estrutural e rejunte. A combinação de tecnologia e matéria-prima de qualidade resultam em ganho de produtividade, eficiência e economia para seus clientes.
Com unidades em São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo, tem capacidade para produzir 565.000 t/ano.

Cal Industrial

A Organização Polimix, com parceiros estratégicos, produz cal para diversos segmentos: siderurgia, papel e celulose, química, meio ambiente, mineração, metais não-ferrosos, açúcar e álcool e construção civil, entre outros.
A CNN, localizada no Rio Grande do Norte, produz e comercializa cal industrial virgem e hidratada para os mercados do Norte e Nordeste do Brasil. Com equipe qualificada e equipamentos de alta tecnologia, garante excelente qualidade da cal, desenvolvendo constantemente novos produtos e aplicações. Capacidade instalada: 260.000 t/ano.
A Unical está localizada em Minas Gerais e possui equipamentos de última geração que permitem uma produção de cal de altíssima qualidade. Capacidade instalada: 260.000 t/ano.
A Dolocal, também em Minas Gerais, produz cal virgem dolomítica de qualidade, atendendo principalmente o setor siderúrgico. Capacidade instalada: 75.000 t/ano.

Energia Renovável

A Polimix Energia é a área da Organização que investe em energia renovável e biocombustível.

Bioenergia: a Polimix Energia produz etanol, combustível renovável extraído da cana-de-açúcar que, além de biodegradável, apresenta menor emissão de gases que agravam o efeito estufa. No processo há ainda a geração de energia pela biomassa. A DVPA (Destilaria do Vale do Paracatu) em Minas Gerais e a Agrisa no Rio de Janeiro produzem por ano 168 milhões litros/safra e 28 MW.

Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs): usinas hidrelétricas de pequeno porte compõem uma parte relevante da geração de energia renovável no Brasil. A Polimix Energia tem participação em unidades no estado do Mato Grosso, somando uma capacidade instalada de 71,5 MW.
Energia Eólica Considerada uma das mais promissoras fontes naturais de energia, a energia eólica auxilia na redução do efeito estufa por substituir o uso de combustíveis fósseis. A Polimix Energia participa de quatro projetos nos estados do Rio Grande do Norte e Bahia, com capacidade para gerar 481 MW de energia limpa.

Energia Solar: a Polimix Energia, em parceria com a Polimix Concreto, implantará durante o ano de 2019 15 plantas fotovoltaicas para geração de energia elétrica limpa e renovável. A potência total instalada será de 4.200 kW suprindo cerca de 75% do consumo de energia da Polimix Concreto em todo o Brasil. Os sistemas fotovoltaicos serão instalados nos estados de Pernambuco, Ceará, Bahia, São Paulo, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.
A Polimix Energia também possui 4 projetos de geração de energia solar no estado da Bahia. Juntas essas usinas solares possuirão 256.000 kW de potência instalada, podendo gerar energia elétrica para abastecer 350 mil residências.

Upcycling

Desde 2015 a Organização Polimix passou a investir em economia circular com o objetivo de transformar resíduos em produtos que possam ser reutilizados como matéria prima. Assim criou-se a Polimix Ambiental em Santana de Parnaíba/SP, com projeto de expansão para outras cidades.
Com o emprego de uma avançada tecnologia, a Polimix Ambiental transforma pneus inservíveis e resíduos de borracha em negro de carbono, óleo combustível e aço para diversas aplicações, reduzindo o passivo ambiental.

Porto

O Porto Central é um projeto internacional desenvolvido pela joint venture entre a brasileira TPK Logística SA (que tem a Polimix como principal parceira) e o porto holandês de Roterdã. Trata-se de um complexo industrial portuário greenfield estrategicamente localizado no Espírito Santo, centro da costa leste do Brasil e próximo aos principais centros de produção e consumo do país. O Porto Central será um porto multi­-propósito e servirá diversos segmentos de negócios, tais como óleo e gás, indústria offshore, contêiner, carga geral, agronegócio, mineração, energia e etc.